GStreamer

No ano passado eu descobri um dos melhores livros que eu li na minha vida, O Guia do Mochileiro das Galáxias, de Douglas Adams. Pouco depois de terminar de ler (duas vezes) eu fiz uma busca por Douglas Adams no Google. E um dos links retornados foi uma sessão de perguntas e respostas do Ask Slashdot, onde ele fala sobre MAX, uma linguagem de programação musical de alto nível orientada a objetos, quando perguntaram sobre a obsessão do personagem Richard McDuff, do livro Dirk Gently’s Holistic Detective Agency, de mapear processos naturais em música. Eu comecei a procurar por MAX e acabei achando que seu criador, Miller Puckette, criou também o PureData, que faz o mesmo e é open source.
Depois de algum tempo eu entendi como ele funcionava, e eu fiz algumas coisinhas simples, mas eu não usei ele por muito tempo. E então eu fiquei sabendo da existência do GStreamer. Apesar de algumas diferenças, eu fiquei maravilhado com quão simples era fazer algumas coisas que eram bem difíceis no PureData.
De fato, eu não sei como as coisas funcionam dentro do PureData, mas eu realmente gostei de como o GStreamer foi feito: existem Elements, que tem uma função específica, como ler dados de um arquivo, decodificar dados ou mandar dados para uma placa de som; existem Bins, um container para uma coleção de elementos, e Pipelines, um tipo especial de Bin que permite a execução dos elementos contidos; e existem Pads, que são usadas para negociar ligações e fluxo de dados entre elementos. E é só isso. Com essas partes simples, todas juntas, coisas muito complexas podem ser feitas, como o Flumotion, um servidor de streaming, e o PITIVI, um editor não-linear de vídeo.E, claro, o grande BugBrother, o protótipo do programa que eu estou fazendo lá na Embrapa. Mais sobre esse em outro post.

Anúncios

1 Response to “GStreamer”


  1. 1 GG outubro 31, 2006 às 1:17 am

    vai ser só um post pra sempre?


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s





%d blogueiros gostam disto: